Pesquisar este blog

6.9.13

Bons tempos, aqueles - IV (Lisabi)

(Durante todo o ano de 2011 fiz, com o pessoal do Coletivo Ounão, a cobertura colaborativa para o Circuito Fora do Eixo no projeto Cedo e Sentado, no Studio SP. Foi uma experiência visceral e de troca intensa de energia e aprendizado in loco. Esta noite retratada abaixo, por exemplo, foi adrenalina a mil, catarse total)



Cedo e Sentado com Lisabi, Bomb e Merda

cedo06-535x356[1]
Por.                                                                                                                  
Escobar Franelas/Coletivo Ounão


O projeto Cedo e Sentado, do Circuito Fora do Eixo, trouxe para o Studio SP nessa terça, 29 de novembro, o grito do rock´n´roll em sua forma mais primal. As atrações foram a dj Tata Ogan, a banda Lisabi (SP), a “banda de um homem só” Bomb The Music Industry! (EUA) e a apocalíptica Merda (ES).
A Banquinha Fora do Eixo também estava lá, a cada dia mais sortida, com seu arsenal de cd, dvd, camisetas, botons, flyers, hq e livros. Para completar, os bares que alimentam a química etílica da juventude não rancorosa, de bem com a vida, e as projeções dos shows diretamente no telão da casa, feitas pelos vj do Clube de Cinema FdE.
O septeto (no final, um octeto, com mais uma convidada no palco) Lisabi foi quem primeiro ficou incumbido de encher o palco de porrada sonora. Formado por Max Maiken e Rodrigo Veta (sax), Gabriel Slenes (trompete), Seb Piraces (bateria), André Cardoso (baixo e vocais), Matheus Fattori (guitarra e vocais), e Mateo Piraces (guitarra, teclado e vocais), o Lisabi fez um a introdução aterradora, com muita atitude (e som) rock´n´roll, não deixando pedra sobre pedra. O público, inflamado, ainda viu Juliana Strassacapa subir para acompanhá-los nos vocais. Curtiu o quanto pode com pulmões e pernas o show catártico. Confira na integra
Fonte: CasaForadoEixo

Nenhum comentário: