Pesquisar este blog

23.2.16

Um poemeu: "Manequim na vitrine"





quieta e tímida
faz de tudo
pra aparecer, do nada

Nenhum comentário: