Pesquisar este blog

30.4.17

haiquase (execício XLVII)


todo tempo
é um templo:
me edito

Nenhum comentário: